segunda-feira, 1 de abril de 2013

Eles não usam Black-Tie - Gianfrancesco Guarnieri

Postado por Enfim Shakespeare às 1:00 AM

Opinião:

Sabe quando você fica com receio de ler um livro por causa da capa? Foi o que aconteceu nesse caso, a capa não chama a atenção e se eu não me esforçasse para prestar a atenção, não iria conseguir saber o que era na capa, além do mais o titulo simples não faz nenhuma chamada ao leitor e afinal que raios é Black- Tie?

O livro narra a estória do Tião um jovem que mora no morro e tem uma família humilde. Mas assim como muitos jovens Tião nãos está feliz com o lugar que mora e ele sonha morar em casa de cômodo em rua de bairro, mas nem sua namorada Maria acha a ideia boa, ela afirma que só iria sair do Morro se levasse todo mundo com ela.

Tião trabalha na fábrica junto com seu pai e está perto em época de greve quando ele descobre que Maria está grávida, agora ele fica perdido sem saber se adere a greve ou a fura, tem muita coisa em jogo e o principal é o medo de ser preso e perder o emprego, como ficaria ele e Maria nessa situação, e se ele furasse a greve o que seu pai que é um dos agitadores pensaria do próprio filho?

O livro é escrito em forma de teatro e eu não tenho nenhum problema com essa maneira de escrever, apesar desse ser o segundo livro que eu li escrito especificamente para o teatro. A estória é bem real e representa uma época histórica  da ditadura militar, na qual os grevistas eram presos e os que furavam a greve eram ameaçados.

Eu gostei do livro e fiquei do começo ao fim sem saber o que era Black-Tie, mas no final do livro fui fazer uma pesquisa na internet e fiquei sabendo o que era, mas para mim não fez muito sentido o nome do lvro com a estória. Esse livro é uma peça de teatro que já foi apresentada muitas vezes no Brasil e também em outros países.

Vamos ao Significado:

Black Tie:
Black significa preto.
Tie é gravata.
Black Tie = Gravata preta. Esta expressão foi criada para designar o "smoking" onde se usa aquela tradicional gravata-borboleta preta.
Quando nos convites se especifica:
Traje: Black Tie
Os donos da festa estão pedindo que os homens usem smoking e as mulheres, vestidos de festa, de preferência longos. Mas todos devem ir chiquérrimos.

Sinopse:

Debruça-se sobre os conflitos, contradições e anseios da classe trabalhadora no final dos anos 70, na crise final da ditadura militar. O livro situa, em pólos antagônicos, a esperança na ação coletiva e a aposta nas saídas individuais, como alternativa de vida para os trabalhadores.


Livro do desafio realmente desafiante 


15. Ler um livro com a capa feia. ( E explicar o porque não gosta da capa!) Eles não usam Black - Tie - Gianfrancesco Guarnieri

Link para o desafio - Aqui



5 comentários:

Jhessy on 1 de abril de 2013 10:29 disse...

É pela a capa não daria nada, mas pensando bem a estória e bem legal e realista. Gostei!

Fabiane Stela Finger on 1 de abril de 2013 15:10 disse...

E aí pessoal como foram de páscoa?!

A capa não me chamaria para o livro com certeza,mas eu nunca li um livro em forma de teatro e achei a história bem realista,portanto daria uma chance sim.

Bjos
www.roubandolivros.com

Maura C. Parvatis on 1 de abril de 2013 16:31 disse...

Ah, eu gosto dessa capa... Não a acho bonita - beleza passa longe dela, hehe - mas acredito que combina com a imagem que tracei do personagem Tião ao ler (ou mesmo de todos os homens representados/apresentados no livro) alguém simples usando uma regata surrada ao invés do traje ''black-tie''.
Lendo sua postagem fiquei com vontade de relê-la, quem sabe daqui alguns meses.

Beigos,
Maura - Blog da /mauraparvatis.

Lú Miranda on 1 de abril de 2013 19:01 disse...

Essa capa é bem brasileira, rsrs. Estranha, isso sim!

A premissa do livro é bem empolgante, pela sua resenha eu acho que leria o livro.
clicandolivros.blogspot.com.br
Beijão e boa noite!

Dani R. Casquet on 2 de abril de 2013 17:55 disse...

Sabia que eu vou com a cara do livros através da capa, e por isso acabo perdendo a oportunidade de ler livros bons, preciso mudar meu foco e parar de julga-los pelo seu exterior, aos poucos vou mudando isso, mas confesso que tbm não leria este livro rs!
Livros assim geralmente não compro, peço emprestado e leio e pronto, só tenho em casa livros que realmente estarão ao meu alcance sempre!
Dani Casquet livrosajaneladaimaginacao.blogspot.com

Bjs

Postar um comentário

Obrigada pela visita.

Sempre retribuo os comentários *-*

 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos