sábado, 23 de fevereiro de 2013

It's a Wonderful Life (A felicidade não se compra)

Postado por Gabriela Aguiar às 5:37 PM
Olá, leitores, como estão hoje?! Espero que bem! Já ouviram falar sobre o filme "It's a Wonderful Life"?! É um drama americano, inspirado no conto de Philip Van Doren Stern, " The Greast Gift", dirigido por Frank Capra, em 1946.



Sinopse:

Em Bedford Falls, no Natal, George Bailey (James Stewart), que desistia de seus próprios sonhos para ajudar aos outros, pensa em se suicidar saltando de uma ponte, em razão das maquinações de Henry Potter (Lionel Barrymore), o homem mais rico da região. Mas tantas pessoas oram por ele que Clarence (Henry Travers), um anjo que espera há 220 anos para ganhar asas, é mandado Terra, para tentar fazer George mudar de idéia, demonstrando sua importância através de flashbacks e como a vida das pessoas a sua volta seriam diferentes sem ele, como a morte do irmão, a tristeza da esposa, entre outras.



Trailer:


(Não consegui encontrar um trailer com legenda, desculpem-me!)
Opinião:

Eu iria omitir esse fato, mas, não posso. Só fiquei sabendo desse filme por causa de uma das músicas novas do Mcfly (*-*), "Love is easy" -veja a música aqui!- (no meio da música tem uma parte falada, com uma das frases mais famosas deste filme, e simplesmente me conquistou!). Por ser antigo, foi difícil de encontrar para download, mas valeu a pena! 
A história começa com várias pessoas rezando em suas casas, no Natal, para que nada de ruim aconteça com George (que está planejando se suicidar). Com tantas orações, Deus resolve interferir e pede para que Clarence venha e ajude George, mas primeiro, ele tem que conhecer a vida dele.
Logo no começo, já me apaixonei por George, que se arrisca e fica sem a audição em um dos ouvidos, salvando seu irmão mais novo, e também já dá pra começar a odiar Mr. Potter, que só liga para seu dinheiro, não se importando com a crise, muito menos com as pessoas não tem como pagar por seus empréstimos, alugueis...(que vontade de bater nele!!!). É logo em sua pré-adolescência que George conhece a mulher de sua vida e sua futura esposa, Mary. Depois de um tempo, quando ela volta da faculdade (ele não foi, pois tinha que salvar a empresa de sua família), acontece seu casamento com Mary, no entanto, eles não tem uma lua-de-mel, porque eles desistem para que o dinheiro fosse usado para ajudar a comunidade. 
O filme mostra as situações em que ele mais se sacrificou pelo bem dos outros, nunca pensando em si mesmo, desistindo de seus próprios sonhos (ser um grande engenheiro civil, sair de sua cidade natal, explorar o mundo....) para que as outras pessoas pudessem realizar seus sonhos. Isso não significa que ele não tinha uma vida boa, apesar de não ser muito rico, ele vivia bem com sua esposa e filhos. Tudo estava bem, até que um descuido, na véspera de Natal, do "tio Billy" (tio do George), pode levá-los a perder tudo; É quando nosso personagem principal perde o controle, e não vê outra saída além do suicídio, e finalmente chega a hora de Clarence agir...mas, será que ele consegue impedir que Mr. Bailey cometa esse terrível erro?! O anjo de segunda classe (sem asas) tem que mostrar a George como seria a vida de todos, se ele não tivesse nascido...será o suficiente?! Será que ver Bedford Falls transformada em Pottersville fará com que ele perceba como foi importante para todos?! 
Amei o filme, do começo ao fim, e realmente é incrível! Nos faz pensar que realmente temos "a wonderful life", e que quando mais precisamos, sempre teremos alguém lá para nos ajudar. Recomendo esse filme, mesmo sendo difícil de achar, vale muito (muito!) a pena! Entrou para a minha lista de filmes preferidos!

Frases Celebres: 

"What is it you want, Mary? What do you want? You want the moon? Just say the word, and I'll throw a lasso around it and pull it down." (esta é a frase que tem na música do Mcfly *-*)

"Look, Daddy. Teacher says, “Every time a bell rings an angel gets his wings.""

"Lembre-se: Nenhum homem é fraco se tem amigos."

Beijos, Gabi!

5 comentários:

Angela Graziela on 23 de fevereiro de 2013 19:02 disse...

Isso definitivamente não é da minha epoca
Mas gostei bastante de conhecer

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com.br

Leticia Godoy on 24 de fevereiro de 2013 00:23 disse...

Ainda chateada porque você assistiu sem a minha pessoa, mas tudo bem, eu supero (ou não).
A resenha ficou incrível, e me deu mais vontade ainda de assistir esse filme, que parece ser demais. Essa crise existencial do protagonista ajuda na identificação e na reflexão do espectador, e isso me motiva a assistir [normalmente filmes deste estilo tendem a ser bons]. E nem digo nada sobre a música do McFly, apenas que um dia ainda lanço o teu video cantando ela blogsfera e Facebook afora, aguarde.

Beijos, fofa!
Leticia - http://animesheavenbooks.blogspot.com.br

Gabriela Aguiar on 24 de fevereiro de 2013 12:13 disse...

Amore, você supera sim! E não precisa postar meu vídeo cantando, eu assisto de novo com você hahaha
Eu ameei o filme, de verdade, não esperava que fosse gostar tanto!

Beijos!

Enfim Shakespeare on 24 de fevereiro de 2013 13:12 disse...

Gostei do filme, apesar de não curtir muito filmes antigos. ótima indicação

Gabriela Aguiar on 26 de fevereiro de 2013 20:39 disse...

Fico feliz que tenha gostado! ^^

Postar um comentário

Obrigada pela visita.

Sempre retribuo os comentários *-*

 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos