terça-feira, 30 de outubro de 2012

Livro do mês Outubro

Postado por Enfim Shakespeare às 10:59 PM 1 comentários

Marido & Mulher


Opinião:

Quando comecei a ler esse livro eu pensei que era auto-ajuda, mas logo nas primeiras página eu descobri que se trata de uma história interessante e real.
O livro narra a história de Harry recém divorciado, mas entre ele e sua ex-esposa Gina ainda existe um laço que é o filho Pat. Ambos decidem seguir seu caminho e se casam novamente. Harry se casa com Cyd que por sua vez tem uma filha um pouco mais velha que Pat. 
A vida de Harry se complica quando Gina decide deixar a Inglaterra e morar no Estados Unidos levando consigo Pat e seu trabalho está por um fio. Harry fica arrasado e seu casamento com Cyd começa a ser afetado.
O livro retrata a definição da família moderna o pai de final de semana que quer o bem do próprio filho. A enteada que faz manha com ciumes do meio irmão e o relacionamento entre Marido & Mulher junto com a desconfiança, o trabalho e a divisão de responsabilidade.
Gostei da história e descobri algumas coisas interessantes sobre lugares e fatos mencionado no livro.
A leitura foi rápida e em alguns pontos chega a ser tensa, mas é um bom livro para se refletir sobre qual tipo de família você quer ter. 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 9:01 PM 1 comentários

A Primeira Noite

Em O Primeiro Dia, o best-seller francês Marc Levy escreveu seu primeiro romance de aventura, que tem seu desfecho na sequência A Primeira Noite. No primeiro livro, um estranho pingente dado à arqueóloga Keira marca o ponto de partida para a trama de dimensão épica. Nele uma tempestade de areia prejudica uma escavação no vale etíope de Omo, da qual Keira fazia parte, e a força a voltar à Europa. No entanto, antes de partir, uma criança que conheceu no local a presenteia com o curioso artefato. Com a ajuda de Adrian, astrofísico e seu ex-amante, a arqueóloga havia chegado à conclusão de que o pingente reproduz as estrelas do céu, na posição exata em que estavam no dia da criação do universo. Por isso, teria valor inestimável e seria capaz de colocar em risco a vida dos dois, o que acaba por acontecer. Seguidos de perto por misteriosos indivíduos, Adrian e Keira acabam por se envolver em uma tragédia. Perto de descobrirem artefatos que poderão solucionar o enigma da criação do mundo, os dois têm suas buscas interrompidas por um acidente na China. Aparentemente, o evento teria sido provocado por alguém. Agora, Keira está desaparecida - possivelmente morta. Desolado, Adrian retorna à Grécia e se remói pela perda da mulher por quem nutriu sentimentos verdadeiros. No entanto, o aparecimento de uma foto, que talvez seja de Keira, reacende nele as esperanças. Consciente de que o desejo de desvendar os mistérios do universo foi o que o uniu novamente a Keira, mas também os separou, Adrian parte em uma viagem disposto a encontrá-la viva. Ele buscará retomar também a aventura pela solução dos segredos milenares. Com esta dupla de romances, Levy mostra sua versatilidade e reforça seu reconhecimento como um dos maiores fenômenos de vendas atualmente. O autor de E se fosse verdade? já vendeu mais de 26 milhões de livros em todo o mundo. 

domingo, 28 de outubro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário

Postado por Enfim Shakespeare às 1:53 PM 8 comentários

Toda vez que leio um livro e a história é detalhada e linda fico com depressão pós livro. É horrível se sentir assim, o livro lhe proporciona o prazer de entrar na vida de personagens desconhecidos fictícios ou não. Eles tem uma vida melhor sem dúvida todos os livros que tem uma bela história de romance ou aventura nos deixa morrendo de inveja.
Depois de um livro sempre voltamos para a nossa vida e percebemos como realmente é o hoje. Não é triste? É injusto? Porque não acontece comigo? Essas são algumas das perguntas que nos fazemos depois de uma boa história. 
Queria poder escolher como a minha história seria, mas como todos sabemos o nosso livro é bem diferente e os acontecimento da nossa vida não depende só de nós. 

sábado, 27 de outubro de 2012

Eu li em um lugar

Postado por Enfim Shakespeare às 5:00 PM 3 comentários

Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.

Caio F. Abreu

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Bach / Break - Jonathan Rhys Meyers, Steve Erdody

Postado por Enfim Shakespeare às 11:50 PM 2 comentários

Quebrar

Eu quebro, eu peço emprestado, eu vivo, eu perco
eu rezo, eu estou oco, eu estou morto, confuso,
eu encontrarei você

O que é o amor e pra que serve?
Eu estou preso do lado de fora de uma porta aberta
e ninguém veio ainda me pegar
eu nunca tive uma segunda aposta
eu sou bem vindo em suas fantasias
só se ela for de faz de conta
oh o que é o amor e pra que serve?
Oh me leve de volta e me dê mais
Oh me leve de volta e me dê mais

Eu quebro, eu peço emprestado, eu vivo, eu perco
eu quebro, eu estou oco, eu estou morto, confuso,
eu encontrarei você

Uma vez que você está aqui, você não vai embora nunca
oh, uma vez que você está aqui, você não vai embora nunca
eu cai de fora para o frio
um pedaço de mim que eu não consigo segurar
eu amo você como eu te perco mais
Eu quebro do lado de fora dessa porta aberta
me segure enquanto eu sou levado embora
oh, me segure enquanto eu sou levado embora
oh, me segure enquanto eu sou levado embora

Eu quebro, peço emprestado, eu vivo, eu perco
Eu rezo, eu estou oco, eu estou morto, confuso

Eu rezo, eu estou oco, eu estou morto, confuso
Eu acharei você

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O som do coração

Postado por Enfim Shakespeare às 12:30 PM 3 comentários





Sinopse:

August Rush (Freddie Highmore) é resultado do encontro casual entre um guitarrista e uma violoncelista. Crescido em orfanato e dotado de um dom musical impressionante, ele se apresenta nas ruas de Nova York ao lado do divertido Wizard (Robin Williams). Contando apenas com seu talento musical, August decide usá-lo para tentar reencontrar seus pais.


Opinião:

O que eu achei do filme? É bárbaro me perguntar isso o filme é perfeito e lindo nem sei porque nunca  assisti antes e nem li nada sobre o filme.
Amo filmes que exploram o talento das pessoas e nesse filme eu senti muita inveja do talento do jovem August. August foi resultado de um romance de uma noite proibido pelo pai de sua mãe uma famosa violoncelista que após o parto de seu filho e a suposta morte do pequeno desistiu da música. Enquanto seu pai vocalista de uma banda possuidor de uma voz incrível nunca mais viu a mulher que roubou seu coração. Essa separação acabou com a música dos dois, mas eles não sabiam da existência e do talento de seu filho August. 
August acredita que sues pais estão em algum lugar e que a música irá uni-los, assim começa a busca do jovem que no meio do caminho encontra a música e desenvolve seu talento.

Frases: 


” — O que você quer ser quando crescer?
— Encontrado!”

"A música está ao seu redor, basta você ouvir"

Acredito em música como alguns acreditam em contos de fadas"





” Ouça! Consegue ouvir?
A música?
Eu consigo ouví-la em qualquer lugar…
No vento… No ar… Na luz… Está ao nosso redor…
Agente precisa se abrir… Agente só… Precisa ouvir.”

Trailer:










terça-feira, 23 de outubro de 2012

Livro do mês de Outubro

Postado por Enfim Shakespeare às 4:30 PM 2 comentários
Curiosidade:

Foi mencionado no livro o nome de um trem que leva você de Londres para Paris em até 2h15, pensei que o livro tinha entrado no nível fictício  mas me enganei e descobri que é verdade. O trem se chama Euroestar e é muito utilizado por ingleses e turistas.

Viagens mais frequentes
ViagemTempo de viagem
Londres St Pancras - Paris Gare du Nord2h 15
Londres St Pancras - Bruxelas Midi/Zuid2h 01
Londres St Pancras - Lille1h 20
Londres St Pancras - Disneyland® Resort Paris2h 34


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 6:00 PM 3 comentários

O primeiro Dia  - Marc Levy


Ambiciosa e apaixonada, a arqueóloga Keira comanda uma escavação no Vale de Omo, na Etiópia – e, quando uma tempestade de areia destrói o local, se vê obrigada a retornar à Europa. Mas traz consigo um estranho pingente, que recebeu das mãos de um menino etíope. Em Londres, disputando uma bolsa de pesquisa, seus caminhos se cruzam com o de Adrian, um renomado astrônomo – e seu ex-caso, de muitos anos atrás. Numa visita ao apartamento dele, ela esquece lá o pingente, acendendo em Adrian tanto o interesse científico pela origem do artefato quanto o amoroso por sua dona. Logo se tornará claro para o casal que eles não são os únicos interessados no pingente, e que há gente disposta a tudo para consegui-lo. Keira e Adrian partem numa viagem que os levará a vários continentes, seguindo mapas traçados a partir das estrelas e pistas enterradas no solo. E sua meta é achar a resposta para perguntas que intrigam a todos desde o início dos tempos.

domingo, 21 de outubro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário

Postado por Enfim Shakespeare às 2:00 PM 3 comentários

Mais uma vez me deparei com a solidão, mas como é ruim se sentir só no meio da multidão.
Eu sei, não queria me sentir assim, mas as vezes o sentimento vem involuntariamente, me assusta e me dá medo, então abro o meu livro ligo o meu mp3 e começo a entrar no meu mundo. 
No meu mundo eu nunca me sinto só, pois não preciso de nada além de imaginar e sonhar.
Mas o ruim é quando eu acordo, pois quando eu acordo eu retorno a vida, eu retorno ao medo, eu retorno ao mundo.

sábado, 20 de outubro de 2012

Eu li em um lugar

Postado por Enfim Shakespeare às 4:30 PM 1 comentários


‎"Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei..."

Caio F. Abreu

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Faça o que tem de ser feito - Bob Nelson

Postado por Enfim Shakespeare às 11:30 AM 5 comentários
Faça o que tende ser feito - Bob Nelson

Opinião

Procurei a Sinopse do livro antes de fazer a resenha e quando á li descobri que se publicasse a sinopse a resenha não seria necessária.
A mensagem do livro é bem objetiva e já vem escrita na capa "Faça o que tem de ser feito e não apenas o que lhe pedem". 
Sim leitores, esse é um livro de auto ajuda, mas ele vai te ajudar a alcançar a excelência no seu trabalho, mesmo ele sendo o pior trabalho do mundo, ou não.
Gostei do modo que Bob escreveu o livro, ele utilizou exemplos reais e incrementou o conteúdo tornando a leitura mais simples e compreensiva.
Comprei o livro para ler por causa da faculdade, mas percebi que estava precisando de algo assim para a minha vida, agora só falta aplicar o que aprendi.
Fica a dica do livro para quem quiser fazer seu trabalho valer a pena e sair da monotonia.




quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Take My Heart Back - Jennifer Love Hewitt

Postado por Enfim Shakespeare às 10:16 PM 0 comentários

Uma das músicas mais bonitas que já tive o prazer de ouvir nos filmes, para quem tiver a oportunidade de assistir o filme  é Antes que termine o dia.



Traga Meu Coração de Volta (Take My Heart Back)

Tudo ficará bem
Você disse
Amanhã
Não chore
Não derrame uma lágrima
Quando você acordar
Ainda estarei aqui
Quando você acordar
Combateremos seus medos
E agora irei...

Traga meu coração de volta
Deixe suas fotos sobre o chão
Roube minhas memórias de volta
Não posso mais suportar isso.
Sequei minhas lágrimas
E agora encaro os anos
Do jeito que você me amou
Desapareceram todas as lágrimas

Apenas um pouco mais de tempo foi o que precisamos
Apenas um pouco de tempo para que eu visse
A luz que a vida pode dar
Como você pode ser livre
Então agora irei

Traga meu coração de volta
Deixe suas fotos sobre o chão
Roube minhas memórias de volta
Não posso mais suportar isso
Sequei minhas lágrimas
E agora encaro os anos
Do jeito que você me amou
Desapareceu todas as lágrimas

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O sexto sentido

Postado por Enfim Shakespeare às 9:57 PM 1 comentários



Sinopse:

O psicólogo infantil Malcolm Crowe (Bruce Willis) abraçacom dedicação o caso de Cole Sear (Haley Joel Osment). O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente



Opinião:

O sexto sentido é um filme um pouco antigo, mas que eu nunca tinha assistido, enfim tive essa oportunidade e descobri que é o meu tipo de filme favorito.
Cole é o garoto aberração é isso o que dizem, mas ninguém sabe o seu maior segredo até aparecer na vida dele o Dr. Malcom Crowe que já tem um extenso histórico em trabalhos com crianças que passam por algum tipo de dificuldade de se socializar e se desenvolver com família e amigos.
O que o Dr. Malcom não sabia é que Cole não era mais um caso comum de divórcio. Cole tinha um segredo e Cole tinha medo, muito medo.
O filme é bem elaborado e no final você fica com cara de Não acredito que é assim que termina, por esse motivo é o tipo de filme que eu gosto, nunca sei como acaba.
Gostei da lógica do filme, a atuação é fantástica.


Frases:

“De Profundus Clamo Adite Domine (Das profundezas clamo a ti, ó Senhor)”
Cole Sear – Sexto Sentido





terça-feira, 16 de outubro de 2012

Livro do mês - Outubro

Postado por Enfim Shakespeare às 10:55 PM 6 comentários

Quotes:


"Alguém disse isso uma vez sobre a fotografia. Um poeta, eu acho. é como observar a sakura*. O momento é interessante, porque é apenas um momento. Pedir ao instante fugaz para ficar - Ela sorriu.- E adoro isso. É lindo demais." (Pag 178)
*Os chineses consideram a flor um símbolo do amor e os japoneses dizem que simboliza a efemeridade da vida, uma vez que é uma flor que vive pouco tempo.

"(...)Quem ama uma pessoa nunca está totalmente livre. Não é possível. A pessoa renuncia. Apessoa renuncia à liberdade. Por uma coisa melhor" (Pag. 321)

"- Eu achava que quando você tira a foto de uma pessoa, nunca mais perde essa pessoa - disse Kazumi. - Mas agora vejo que não é bem assim. Vejo que nossas fotos mostram tudo o que perdemos." (Pag 324)

"As estrelas são como fotografias. Podemos interpretá-las como quisermos. Podemos acreditar que elas significam tudo o que perdemos ou acreditar que elas representam tudo o que amamos e continuamos a amar." (Pag 339)

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 4:00 PM 13 comentários


A Última Princesa

Todos sabem como é a vida de uma princesa: cheia de luxos e mordomias, cercada de servos devotados sob o teto de um belíssimo castelo. Mas para a nossa protagonista, a Última Princesa de um reino encantado, esses mimos e riquezas são apenas os muros de sua prisão.Banida de seu verdadeiro lar por um poderoso feiticeiro, a Princesa acabou esquecida pelo seu próprio povo. Enquanto sofre com saudades de sua terra natal, cultiva belas camélias em uma estufa em forma de palácio de cristal, ouve com atenção as histórias de seus servos e passa as noites sonhando com boas notícias que jamais chegam.Até o dia em que ela recebe a visita de um misterioso inventor chamado Alberto. Criador de maravilhas tecnológicas, ele acredita que “inventar é imaginar”, e lhe apresenta um mundo mágico, com animais mecânicos que cantam e dançam e uma casa encantada que surge nos lugares mais improváveis. O sonho mais ambicioso de Alberto é construir a Ave de Rapina: uma máquina mágica capaz de libertar sua Princesa… mas, para isso, ela também precisará enfrentar seus medos e quebrar sua maldição.

domingo, 14 de outubro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário

Postado por Enfim Shakespeare às 7:30 PM 1 comentários


Gosto de surpresas inesperadas não apenas do planejado.
Gosto de novidades e não de monotonia.
Gosto de tudo agora e não deixar tudo pra depois.
Gosto de curtir e sair e não ficar parada.
Gosto de você aqui e não tão distante.
Gosto de muito e sempre quero tudo.
O que eu tenho nunca é suficiente.
Gosto mesmo é de ser adolescente.

sábado, 13 de outubro de 2012

Chegou

Postado por Enfim Shakespeare às 11:30 AM 5 comentários

Chegaram os livros do Itaú Criança 2012

Se você também quer o seu solicite através do site http://www.itau.com.br/itaucrianca/ é gratuito!









Vídeo do Programa



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Feliz dia das Crianças

Postado por Enfim Shakespeare às 4:00 PM 6 comentários
Hoje sendo dia das Crianças e estando frio em São Paulo, nada melhor do que ler para seus filhos.
Incentivem essa prática e um Feliz dia das crianças.



Somos uma Eterna Criança


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Love Will Show You Everything - Jennifer Love Hewitt

Postado por Enfim Shakespeare às 10:18 PM 0 comentários
Essa música é do Filme Antes que termine o dia é tão linda quanto o filme.




O Amor Vai Lhe Mostrar Tudo

Hoje, hoje apostei minha vida
Você não faz ideia
Do que sinto por dentro
Não tenha medo de demonstrar
Pois nunca saberá
Se não deixar sair

Eu te amo
Você me ama
Aceite este presente e não pergunte o porquê
Pois se você me permitir
Vou pegar o que lhe assusta
E guardar lá dentro
E se me perguntar porque estou com você
E porque nunca lhe
Deixarei
O amor vai lhe mostrar tudo

Um dia, quando a juventude
for só uma memória
Sei que você estará ao meu lado

Eu te amo
Você me ama
Aceite este presente e não pergunte o porquê
Pois se você me permitir
Vou pegar o que assusta você
E guardar lá dentro
E se me perguntar porque estou com você
E porque nunca te
deixarei
Meu amor vai lhe mostrar tudo
Meu amor vai lhe mostrar tudo
Meu amor vai lhe mostrar tudo
Nosso amor vai nos mostrar tudo

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

A Morte e Vida de Charlie St. Cloud

Postado por Enfim Shakespeare às 9:29 PM 2 comentários


Sinopse:


Charlie St. Cloud (Zac Efron) ganha uma bolsa de estudos na universidade de Stanford. Logo depois, de sua formatura, Charlie faz uma promessa ao seu irmão mais novo,Sam (Charlie Tahan): Treinar Beisebol com ele todos os dias durante 1 hora aos canhões do por do sol até Charlie ir para a faculdade. Em uma noite, a mãe dos dois, Claire (Kim Basinger) pede para Charlie cuidar de Sam esta noite por que ela iria pegar um turno extra no hospital. Sam acaba pegando Charlie saindo escondido e pede uma carona a Charlie para a casa de seu amigo Tommy mas no meio do percurso um carro bate no carro de Charlie depois um caminhão acerta o lado de Sam. Com sorte, Charlie sobrevive mas seu irmão não teve a mesma sorte. Depois do enterro de Sam, Charlie se lembra de sua promessa e por isso, consegue ver o espírito de Sam. Então, Charlie começa a trabalhar como zelador no cemitério onde seu irmão foi enterrado, para ficar mais tempo com ele. Ao mesmo tempo era divertido e um fardo para Charlie. Depois, Charlie conhece uma garota chamada Tess Caroll (Amanda Crew) que lhe mostra que tem que seguir a vida e não ficar no passado, e se apaixona por ela. Semanas depois, Tess avisa a Charlie que irá zarpar em uma semana,mas em vez de seguir o percurso certo Tess vai direto para a tempestade e fica sumida por muito tempo.Sam tem ciúmes de Tess pois quanto mais Charlie se conecta no mundo dela,mais ele se afasta do mundo dele.E então Charlie descobriu que Tess tinha desaparecido na tempestade mas ele conseguir ver o seu espírito e ele vai atrás dela e Sam acaba indo para a luz.E então quando Charlie vai salvar Tess acaba descobrindo que ele ganhou uma segunda chance para salva-la.



Opinião: 

Eu só chorei muito nesse filme (risos). A história é emocionante e envolvente se chorei no filme me imagino lendo o livro. 
Agora a trilha sonora é tão boa quanto o filme. O elenco é apropriado e assistindo ao filme eu ri, chorei e me envolvi completamente. 
É uma ótima indicação para quem gosta de histórias diferentes com finais surpreendentes.
A Sinopse já descreve muito sobra a história então minha opinião é breve e exata o filme é ótimo.


Frases:


"Confia no teu coração se os mares pegarem fogo. E viva pelo amor, mesmo que as estrelas caminhem em direção oposta."


"Charlie: -Dói tanto quanto no dia em que você morreu.
Sam: -Dói porque você está vivo."


"Sam: Pude sentir você me esquecendo. É como se, sem você, eu começasse a desaparecer."





terça-feira, 9 de outubro de 2012

Livro do mês Outubro

Postado por Enfim Shakespeare às 9:35 PM 2 comentários

Tony Parsons


É um conceituado jornalista britânico, que se estreia na ficção com o romance «Cenas da Vida de um Pai Solteiro», livro que tem feito, desde a sua publicação, uma fulgurante carreira de vendas na Grã-Bretanha, a ultrapassar os 750 000 de exemplares vendidos.
 Parsons iniciou-se no jornalismo nos anos 70, no New Musical Express. Foi também na década de 70 que se casou com Julie Burchill, colega e colunista que com Parsons fez furor e exaltou a nova música punk. Foi igualmente o princípio de um divórcio escandaloso e mediático, uma troca de profusos «galhardetes» que deu origem à saga Parsons/Burchill. À semelhança de Harry Silver, Parsons foi abandonado pela mulher após ter cometido adultério, e criou o filho como pai solteiro. Mais tarde, a batalha nos tribunais foi penosa, mas Parsons ganhou a custódia do filho, Robert, hoje com 19 anos. Casado com uma tradutora japonesa, actualmente Tony Parsons é colaborador regular do The Mirror, e já escreveu para publicações como The Face, The Daily Telegraph, The Spectator, assim como para revistas como Marie Claire e a Elle. É realizador dos seus próprios documentários para a BBC, sendo um convidado frequente no famoso BBC TV’s Late Review. Da sua grande experiência mediática, Parsons desenvolveu uma excepcional capacidade de, simultaneamente, entreter e envolver o leitor, e foi, de facto, o que fez com o livro «Cenas da vida de Um Pai Solteiro», cuja sequela, «Não me esquecerei de ti», já se encontra publicada.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 5:10 PM 7 comentários

Um Olhar de Amor


Chloe Peterson está tendo uma noite ruim. Uma noite realmente ruim. O machucado grande em sua bochecha pode provar isso. E quando seu carro patina para fora da estrada molhada em direção a uma vala, ela está convencida de que até o cara maravilhoso que a salvou do meio da tempestade deve ser muito bom para ser verdade. Ou ele é mesmo? Por ser um fotógrafo de sucesso que viaja frequentemente pelo mundo, Chase Sullivan tem seu jeito com mulheres bonitas, e quando ele está em casa, em São Francisco, um de seus sete irmãos normalmente está acordado para começar um pouco de diversão. Chase acha que sua vida é ótima do jeito que está — até a noite que encontra Chloe e seu carro destruído na rodovia Napa Valley. Não apenas nunca tinha conhecido alguém tão adorável, por dentro e por fora, mas como também percebe que ela tem problemas maiores do que seu carro batido. Logo, ele será capaz de mover montanhas por amor — e proteção — a ela, mas ela deixará? Chloe prometeu nunca cometer o erro de confiar em um homem novamente. Mas a cada olhar que Chase lança a ela — e a cada carinho doce e pecaminoso — conforme a atração entre eles sai faísca e esquenta, ela não pode fazer nada a não ser se perguntar se encontrou a única exceção. E apesar de Chase não perceber que sua vida mudaria para sempre em um instante, para melhor, ele não é o único a querer lutar por essa mudança. Ao contrário, ele está se preparando para uma luta... pelo coração de Chloe.

domingo, 7 de outubro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário

Postado por Enfim Shakespeare às 3:00 PM 2 comentários


Vamos votar pela primeira vez.

Hoje vou exercer meu direito de cidadão pela primeira vez, ops eu disse DIREITO? Vou exercer meu Dever de cidadão, o voto no Brasil é obrigatório, então mesmo que você saiba que todos os políticos estão lá por interesses próprios você é obrigado a votar em alguém.

O voto em branco significa dar seu voto para quem estiver ganhando, então não podemos usar está opção para votar caso não tenhamos confiança em nenhum dos candidatos, nesse caso você deve anular seu voto, para isso preencha os espaço com o número 0 confirme e seu voto será anulado.

Bom só peço que todos nós possamos saber em quem estamos votando.


sábado, 6 de outubro de 2012

Programa Itaú - Leia Para uma Criança

Postado por Enfim Shakespeare às 8:37 PM 2 comentários
Todo o ano o Itaú proporciona esse projeto e disponibiliza 3 títulos de livros do tema infantil com o proposito de incentivar a leitura desde cedo.



Os temas desse ano são


O ratinho, o morango vermelho maduro e o grande urso esfomeado.

Lino

Poesia Na Varanda



Solicite o seu através do site: http://www.itau.com.br/itaucrianca/

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Only Hope - Mandy Moore

Postado por Enfim Shakespeare às 10:04 PM 1 comentários
Hoje a música e do Filme Um Amor para Recordar, a música é linda espero que Gostem.




Única esperança  - (Only Hope)
Há uma música que está dentro da minha alma
É o que eu tentei escrever mais e mais
novamente
Eu vou acordar no frio infinito
Mas você canta para mim mais e mais e mais uma vez

Refrão:
Então eu inclino a minha cabeça para trás
E eu levanto minhas mãos e rezo
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu sei agora
Você é minha única esperança

Cante para mim a canção das estrelas
Da sua galáxia dançando e rindo e rindo
novamente
Quando sentir que meus sonhos estão tão longe
Cante para mim todos os planos que você tem para mim mais
novamente

Refrão:

Então eu inclino a minha cabeça para trás
E eu levanto minhas mãos e rezo
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu sei agora
Você é minha única esperança


Eu te dou meu destino
Eu estou dando tudo de mim
Eu quero sua sinfonia
Cantando em tudo o que sou
No topo dos meus pulmões
Eu estou dando a ele tudo o que tenho

Refrão:

Então eu inclino a minha cabeça para trás
E eu levanto minhas mãos e rezo
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu sei agora
Você é minha única esperança

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Batman o cavaleiro das trevas ressurge

Postado por Enfim Shakespeare às 5:53 PM 1 comentários



Sinopse:

Oito anos após a morte de Harvey Dent, a cidade de Gotham City está pacificada e não precisa mais do Batman. A situação faz com que Bruce Wayne (Christian Bale) se torne um homem recluso em sua mansão, convivendo apenas com o mordomo Alfred (Michael Caine). Um dia, em meio a uma festa realizada na Mansão Wayne, uma das garçonetes contratadas rouba um colar de grande valor sentimental. Trata-se de Selina Kyle (Anne Hathaway), uma esperta e habilidosa ladra que, apesar de flagrada por Bruce, consegue fugir. Curioso em descobrir quem é ela, Bruce retorna à caverna para usar os computadores que tanto lhe serviram quando vestia o manto do Homem-Morcego. Aos poucos começa a perceber indícios do surgimento de uma nova ameaça a Gotham City, personificada no brutamontes Bane (Tom Hardy). É o suficiente para que volte a ser o Batman, apesar dos problemas físicos decorrentes de suas atividades como super-herói ao longo dos anos.


Opinião:


Eu particularmente sempre gostei dos filmes do Batman e foi uma ótima escolha ver esse filme, pois tem aventura, ação romance e a participação especial da Anne Hathaway (O diabo veste Prada) que tornou o filme mais interessante, romântico e elegante e claro ela arrasou com o figurino. 

Todos pensavam que o Batman havia desaparecido, mas ele retorna de uma maneira diferente precisando aprender várias coisas, o elenco é bem antigo, mas com novas aparições que vão dar continuidade a série de filmes e a novas histórias.





Trailer:






terça-feira, 2 de outubro de 2012

Livro do Mês - Outubro

Postado por Enfim Shakespeare às 6:04 PM 2 comentários

Sinopse - Marido &Mulher (Tony Parsons)


Tony Parsons narra as aventuras e desventuras de Harry Silver, um complicado produtor de televisão de Londres aprendendo a ser pai do próprio filho. Depois de perder a guarda de Pat para a ex-mulher, Harry dá a volta por cima e se casa novamente. Esperando encontrar compreensão, paixão e cumplicidade, ele aposta todas as fichas na felicidade com a nova família. Mas como tudo na vida de Harry parece ser mais complicado que o normal, em pouco tempo sua fantasia de uma vida familiar perfeita novamente desmorona. Atual, ágil e emocionante, "Marido e Mulher" é uma história sobre amor e casamento, pais e filhos, homens e mulheres - o retrato de todos nós. Mais do que uma ficção, é uma irreverente e emocionante crônica sobre os relacionamentos e os tempos modernos, que vai fazer você repensar o que sente em seu próprio coração.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 5:57 PM 2 comentários

Ladrão de Almas

O amor verdadeiro pode durar uma eternidade... mas a imortalidade tem um preço

Autor(es): Alma Katsu
No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela... mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido.
Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny faria qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado.
De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.




 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos