domingo, 15 de julho de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário #2

Postado por Enfim Shakespeare às 1:07 PM


Quando me dei conta não seguia mais o mesmo caminho, meus sonhos se tornaram outro e minha vida não era mais minha.
Ao mesmo tempo que perdia a inocência da vida ganhava a experiencia da superação. Assumo que nunca perdi algo te tão valoroso além dos meus sonhos, mas não foi de fato uma perda e sim amadureci e cresci. 
Chega uma época em que temos que escolher a faculdade, procurar emprego, deixar a escola e esquecer as amizades que acabaram durando o tempo necessário, vai existir um ou dois amigos que sempre estarão por perto, mas terão outros que você nunca mais vera e foi isso que aconteceu.
Mudei meus planos e minhas expectativas e me apaixonei e foi ai que tudo mudou de vez e hoje não lembro mais quem eu era, mas sei que agora eu sou feliz.
Meu futuro está sendo traçado e o mai importante é que eu estou contando com o apoio de alguém e juntos vamos dando um passo de cada vez. Ainda sou nova pra viver o futuro, mas como alguns sonhos foram embora tenho que renovar a vida e criar novas expectativas para  o meu futuro que agora é o nosso.


7 comentários:

Em Quantos on 15 de julho de 2012 15:40 disse...

Isso é uma coisa que todos nos dizem: Chega uma época em que temos que escolher a faculdade, procurar emprego, deixar a escola e esquecer as amizades que acabaram durando o tempo necessário, vai existir um ou dois amigos que sempre estarão por perto, mas terão outros que você nunca mais vera e foi isso que aconteceu.
. Mas, que nós só entendemos quando vivemos!!!

Paloma Viricio:: Jornalismo na Alma:: on 15 de julho de 2012 21:37 disse...

Aiii ti fofo o texto...super romântico. È tão bom quando encontramos uma pessoa especial para partilhar bons e maus momentos e acima de tudo saber que temos aquele ser tão maravilhoso do nosso lado.

Beijocas!
http://palomaviricio.blogspot.com.br

Babih Hilla on 15 de julho de 2012 23:04 disse...

Imagem simples e belíssima.

"o mai importante é que eu estou contando com o apoio de alguém e juntos vamos dando um passo de cada vez" sic

O mais importante com certeza é isto, o resto vem aos poucos com esforço e boa vontade.

A gente cresce e amadurece e como você disse, os sonhos não se perdem,
não morrem, apenas mudam.

Adorei o post, simples e super real.

Beijos
Babih Hilla
http://revolucionandogeral.blogspot.com

Luciano A.Santos on 16 de julho de 2012 09:20 disse...

Esta fase da vida é muito confusa e por vezes angustiante. se não se sabe desfazer laço então pior!

Gosto muito da sinceridade com que escreve, as palavras ressoam, e isso é muito bom ;)

Gostei muito. Beijos.

La Mademoiselle on 16 de julho de 2012 13:18 disse...

Oi,

amei o texto!! Muito verdadeiro!

Bjs

Julia Cedro on 16 de julho de 2012 13:38 disse...

Oi,

Adorei seu texto, realmente temos horas de reflexão, de pensar sobre o futuro um pouco.

Beijos!

Luara Cardoso on 16 de julho de 2012 16:01 disse...

A gente cresce e as nossas prioridades vão mudando, a gente vai abandonando as "coisas de criança". A vida é assim.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Postar um comentário

Obrigada pela visita.

Sempre retribuo os comentários *-*

 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos